CEFET-MG

Apresentação

A Secretaria de Política Estudantil (SPE) tem por atribuição coordenar a gestão da política de assuntos estudantis do CEFET-MG, e possui na sua estrutura três coordenadorias – de Programas de Bolsas e de Acompanhamento Psicossocial, de Programa de Alimentação Estudantil e de Programas de Acesso e de Temáticas das Juventudes. Também integram a SPE as coordenações de política estudantil (CPE), presentes em todos os campi da instituição.

A SPE, por meio de suas coordenadorias, visa assegurar aos estudantes a igualdade de oportunidade no exercício das atividades acadêmicas, fomentando a permanência na perspectiva da inclusão social, contribuindo para a melhoria do desempenho acadêmico dos estudantes, conforme estabelecido no Regulamento da Política de Assuntos Estudantis, o qual está referenciado no Programa Nacional de Assistência Estudantil (PNAES).

Os alunos do CEFET-MG têm à disposição diversos programas voltados à permanência estudantil. Os estudantes de baixa condição socioeconômica constituem público predominante e prioritário, ao qual se destina a grande maioria das ações desenvolvidas. Todavia as atividades de acompanhamento psicossocial são dirigidas a discentes do CEFET-MG, independentemente da condição socioeconômica, bem como as de caráter educativo, que podem alcançar também os demais segmentos da comunidade escolar.

A Política de Assuntos Estudantis é concretizada por programas, projetos e ações que contribuem para a garantia de cinco eixos:

  1.  democratização do acesso de estudantes de baixa renda, de portadores de necessidades especiais e de segmentos sociais excluídos através de medidas e programas que estimulem e garantam esse acesso;
  2. permanência do estudante na escola e a conclusão de sua formação com qualidade por meio de apoio socioeconômico, psicossocial e educacional;
  3. melhoria da qualidade do ensino, por meio de programas socioeducativos e de assessoramentos a professores, dirigentes, órgãos colegiados, educandos, que contribuam para a formação integral dos estudantes;
  4. democratização da educação e dos programas sociais, fomentando a participação da comunidade escolar nas proposições, execuções e avaliações, com transparência na utilização dos recursos e nos critérios de atendimento;
  5. conhecimento da realidade da Escola e de seu público, através de estudos e pesquisas, a fim de subsidiar avaliações e propostas de revisão das diversas políticas da Instituição.

 

 

 

Secretária de Política Estudantil
Márcia Cristina Feres – Assistente Social
(31) 3319-7096 / spe@adm.cefetmg.br